Golden Joker

Parlamentares e setor produtivo fazem ato contra reoneração da folha de pagamentos

  
LIVE      

Golden Joker

Parlamentares e setor produtivo fazem ato contra reoneração da folha de pagamentos

Desoneração da folha de pagamento — Foto: JN

Parlamentares e setores produtivos fizeram nesta quarta-feira (21) uma coletiva de imprensa em defesa da desoneração da folha de pagamentos para 17 setores da economia intensivos em mão de obra.

A prorrogação da desoneração da folha foi aprovada pelo em outubro de 2023. Com ela, esses 17 setores estavam autorizados a substituir a alíquota de 20% sobre a folha de pagamentos por um pagamento de 1% a 4,5% sobre a receita bruta da empresa.

O texto seguiu para a sanção do presidente da República, Luiz Inácio da Silva (), que, no entanto, revogou integralmente a proposta. No fim do ano passado, o Congresso derrubou o veto do presidente e promulgou a lei que estendia a desoneração.

No fim de dezembro, o governo publicou uma medida provisória que reverteu novamente a regra e devolveu o imposto para a folha de pagamentos.

A MP gerou críticas de parlamentares e de setores produtivos. Segundo os deputados, o ato organizado nesta quarta-feira (21) foi uma resposta ao fato de o presidente do Senado, (PSD-MG), não ter devolvido a medida.

“Nossa expectativa inicial seria a devolução dessa MP por parte do presidente Rodrigo Pacheco, o que não aconteceu. Por isso, estamos aqui para demonstrar a insatisfação, não só dos parlamentares, mas também das frentes parlamentares, que são representadas nesse ato”, afirmou a relatora do projeto na Câmara dos Deputados, deputada Any Ortiz (Cidadania-RS).

Suspeito de participar de morte de policial militar e filha em farmácia se entrega em SP

Suspeitos de matar o PM Anderson e a filha dele na Vila Medeiros, Zona Norte de SP. — Foto: Reprodução/TV Globo

Um dos três suspeitos de envolvimento nos assassinatos de um policial militar e da filha dele em frente a uma farmácia em se entregou à polícia nesta terça-feira (27).

Douglas Henrique de Jesus estava com prisão temporária decretada. Os outros dois suspeitos são procurados. O crime ocorreu na madrugada do sábado (24), na Zona Norte da capital paulista.

Segundo o delegado Severino Vasconcelos, divisionário do Departamento de Homicídios, o suspeito estava consumindo drogas e álcool desde o dia do crime e a família interveio para que se entregasse. Ele foi detido na região da Vila Guilherme e levado ao DHPP.

Ainda não se sabe se ele seria o atirador. Por estar embriagado, a polícia ainda vai ouvi-lo.

“Ficou caracterizado o crime de latrocínio (quando há o roubo seguido de morte) porque a intenção deles (criminosos) era fazer o roubo a farmácia. Existe ali a reação do policial. O policial avaliou que aquela situação haveria condição de fazer a defesa dele próprio e da própria filha”, disse o delegado.

Douglas Henrique foi preso em SP — Foto: Reprodução

'Nós estamos numa batalha'

Flávia Perroni Valentim, mulher do , disse nesta terça-feira (27) no programa Encontro com Patrícia Poeta, da TV Globo, que a família espera ver os criminosos presos o mais rápido possível.

“Nós estamos numa batalha. Ainda não vencemos. Dependemos ainda da prisão dos três bandidos que fizeram isso com a minha família. E nós estamos em luto, com o sentimento e o vazio que fica a partir de agora”, afirmou.

A viúva do PM, que tem 42 anos, disse que os dias têm sido difíceis, mas que o marido a ensinou a ser forte.

“Meu marido e minha filha traziam espiritualidade, felicidade. Tenho que ter força de levar a verdade para as pessoas. O Anderson, como policial militar, me ensinou a ser forte, me preparou para esse momento, eu sabia o que eu tinha que falar, o que era importante para a polícia ouvir”, disse Flávia.

Flávia, mulher de PM morto com a filha na Zona Norte de São Paulo — Foto: Reprodução

Flávia contou ao SP2 na segunda-feira (26) que a família parou na farmácia para comprar uma medicação para a filha, que havia passado a madrugada em um hospital com gastrite nervosa.

O atendente da farmácia abriu a porta e a trancou após a entrada dela. Na sequência, apareceram os três criminosos, que forçaram a porta e não conseguiram entrar.

Do lado de fora, Anderson e a filha estavam no carro. O policial notou a movimentação dos criminosos e trocou tiros com eles. O vídeo abaixo mostra como foi.

VÍDEO: Guarda-Civil mata suspeito de roubar Rolex na Vila Olímpia, Zona Sul de SP
Golden Joker Mapa do site

1234