Golden Joker

Zelensky diz que conta com os líderes do G7 para uma "vitória comum"

  
LIVE      

Golden Joker

Zelensky diz que conta com os líderes do G7 para uma "vitória comum"

“Contamos convosco”, disse Zelensky, que reafirmou a sua confiança numa “vitória comum” dos países aliados sobre a Rússia, perante os primeiros-ministros de Itália e do Canadá, Giorgia Meloni e Justin Trudeau, e pela presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, que hoje visitaram a capital ucraniana por ocasião do segundo aniversário do início da invasão russa na Ucrânia.

“É frequente ouvirmos dizer que a história nos observa, e é absolutamente verdade”, afirmou o líder ucraniano sobre a importância histórica do momento que o seu país atravessa.

Dirigindo-se a todos os líderes do G7 (bloco das sete maiores economias mundiais) – os que não estiveram presentes em Kiev, acompanharam o discurso à distância – o chefe de Estado ucraniano acrescentou que deverão estar conscientes das necessidades da Ucrânia para se proteger dos ataques aéreos, reforçar as suas tropas terrestres, e combater a Rússia também no mar.

“Lembrem-se que as ambições imperiais e o revanchismo só terminam com a derrota daqueles que estão infetados com eles, e que só este resultado conduz à verdadeira segurança e ao progresso democrático”, considerou o Presidente ucraniano.

Meloni, Trudeau e Von der Leyen visitaram hoje Kiev para reafirmar a continuidade da sua ajuda.

O G7 integra Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido. A União Europeia também está representada.

A ofensiva militar russa no território ucraniano, lançada a 24 de fevereiro de 2022, mergulhou a Europa naquela que é considerada a crise de segurança mais grave desde a II Guerra Mundial (1939-1945).

Os aliados ocidentais da Ucrânia têm fornecido armamento a Kiev e aprovado sucessivos pacotes de sanções contra interesses russos para tentar diminuir a capacidade de Moscovo de financiar o esforço de guerra.

O conflito — que entra agora no terceiro ano – provocou a destruição de importantes infraestruturas em várias áreas na Ucrânia, e um número por determinar de vítimas civis e militares.

Avião de passageiros aterra em segurança em Belgrado apesar de vários danos

O Embraer E-195 da companhia grega Marathon Airlines, que opera vários aparelhos em nome da transportadora nacional sérvia, tinha como destino, no domingo à tarde, a cidade alemã de Dusseldorf.

O serviço de monitorização de aviões Flightradar24 indicou que o voo JU324 não tinha distância suficiente para uma descolagem segura.

Durante a descolagem, o lado esquerdo da aeronave ficou seriamente danificado, ao ser atingido o sistema de aterragem por elementos da pista oposta à que estava a ser usada e localizada relativamente perto de uma movimentada autoestrada.

Imagens de vídeo e fotos do avião entretanto divulgadas mostram um grande buraco e um rasgão na fuselagem na base da asa esquerda, tendo também a zona da cauda ficado danificada.

Os bombeiros lançaram espuma na fuselagem, face ao risco de derramamento de combustível.

Depois de ter conseguido ganhar altura, o avião esteve ainda cerca de uma hora no ar antes de aterrar com segurança no aeroporto de Belgrado, relataram os meios de comunicação locais, citando testemunhos de passageiros.

Depois de serem acompanhados para fora da aeronave, a AirSerbia informou os passageiros que o regresso se devia a motivos técnicos e que não corriam risco de vida.

Devido a este incidente, o aeroporto foi encerrado por algum tempo e os aviões desviados para outros aeroportos.

Milhares de pessoas em Atenas contra nova lei que permite o casamento homossexual
Golden Joker Mapa do site

1234