Golden Joker

Mais de 136 mil idosos pobres já tiveram desconto imediato na compra de medicamentos

  
LIVE      

Golden Joker

Mais de 136 mil idosos pobres já tiveram desconto imediato na compra de medicamentos

O desconto imediato entrou em vigor em 25 de setembro de 2023 e dispensa automaticamente os beneficiários do CSI do pagamento de 50% da parcela não comparticipada pelo Estado no preço dos medicamentos.

Antes desta data, os idosos com CSI tinham de pedir o reembolso e aguardar pelo seu processamento e pagamento junto com a pensão e com o complemento solidário, depois de apresentarem a fatura de compra dos medicamentos no centro de saúde.

O Complemento Solidário para Idosos é um apoio pago mensalmente a pensionistas com mais de 66 anos e com rendimentos inferiores ou iguais a 6.608 euros anuais (valor de referência atualizado em janeiro passado).

Ucrânia considera bloqueio da fronteira com a Polónia uma "ameaça à segurança"

Camionistas e agricultores polacos protestam há várias semanas contra a entrada de camiões de carga ucranianos, pois consideram que os produtores deste país representam uma concorrência desleal devido aos seus preços reduzidos.

"Bloquear a fronteira é uma ameaça direta à segurança de um país que está a defender-se. Este tipo de ação tem um impacto negativo na nossa luta contra o inimigo comum chamado Rússia", afirmou Kubrakov num comunicado publicado no Facebook, poucos dias antes do segundo aniversário do início da invasão russa contra a ex-república soviética.

Seis postos de controlo estão bloqueados do lado polaco da fronteira, segundo o ministro.

Michal Derus, porta-voz da Câmara de Administração Tributária de Lublin (leste da Polónia), afirmou que "quase 600 camiões aguardam para sair da Polónia" na passagem de fronteira de Dorohusk e o "tempo de espera calculado para a saída deste número de camiões é de 232 horas".

O Ministério de Infraestruturas da Ucrânia também criticou o bloqueio de autocarros de passageiros. "As mulheres e as crianças que tornaram-se refugiados depois de fugir à guerra e que retornam para as suas casas, por diversos motivos, não podem tornar-se reféns de interesses comerciais", declarou Kubrakov.

"Esperamos ações concretas dos nossos colegas polacos para evitar estas situações e resolver o problema", acrescentou.

Desde novembro, os agricultores polacos têm bloqueado vários postos de fronteira com a Ucrânia e a tensão deve aumentar na terça-feira, dia de convocação de um protesto para fechar todas as passagens.

A Polónia é um dos principais apoios da Ucrânia na guerra contra a Rússia, mas a crise provocada pela proibição unilateral de Varsóvia à importação de cereais ucranianos abalou a relação diplomática.

Nos últimos dias, as autoridades polacas mencionaram a possibilidade de impor novas proibições à importação de produtos agrícolas ucranianos para proteger os seus agricultores.

Os transportadores polacos, que desejam que a UE restabeleça as restrições de entrada para os concorrentes da Ucrânia, prometeram que retomarão o bloqueio da fronteira caso as exigências não sejam atendidas.

A UE suspendeu a necessidade de autorizações de entrada para camionistas ucranianos como um gesto de solidariedade com Kiev, após a invasão russa.

FOTOS: Megablocos agitam carnaval de SP em dia de sol e calor intenso na capital
Golden Joker Mapa do site

1234