Golden Joker

Rio Acre segue subindo e já deixa mais de mil pessoas fora de casa

  
LIVE      

Golden Joker

Rio Acre segue subindo e já deixa mais de mil pessoas fora de casa

Rio Acre segue acima e 16 metros na manhã desta terça-feira (27); medição das 9h está em 16,22m — Foto: Richard Lauriano/Rede Amazônica Acre

O nível do Rio Acre subiu 14 centímetros entre as 18h de segunda-feira (26) e as 9h desta terça-feira (27), chegando a 16,22 metros segundo a medição da Defesa Civil de , feita a cada 3h. O rio segue acima de 16 metros e já afeta mais de 300 famílias na capital acreana.

O Acre enfrenta uma cheia histórica em 2024. Em todo o estado, mais de 11,5 mil pessoas estão fora de casa, dentre desabrigados e desalojados, segundo a última atualização nesta terça (27). Além disto, por conta do transbordo de rios e igarapés. com os efeitos das enchentes.

Acre decreta situação de emergência em 17 das 22 cidades acreanas por conta da cheia dos rios no estado — Foto: g1

Ainda de acordo com a Defesa Civil Municipal, a capital acreana acumulou 15,5 milímetros de chuva nas últimas 24h. Na última medição de segunda, às 18h, o nível do rio estava em 16,08 metros. Com isso, o rio já está 2,22 metros acima da cota de transbordo, que é de 14 metros. Já em comparação com a medição feita às 9h de segunda (26), o manancial subiu 26 centímetros.

Golden Joker

São cerca de mil pessoas desabrigadas e pelo menos 500 pessoas desalojadas somente na capital, conforme o órgão. Somente nos abrigos mantidos pela prefeitura de Rio Branco, no Parque de Exposições e escolas, são mais de 900 pessoas. São 330 famílias, totalizando 950 pessoas, de acordo com levantamento feito às 9h desta terça.

Golden Joker

Epitaciolândia, que fica no interior do estado do Acre, foi uma das cidades afetadas pela enchente — Foto: Arquivo pessoal

Golden Joker

Dezessete municípios do Acre estão em emergência, nesta terça-feira (27), por causa da cheia de rios e igarapés. Do total, 5.768 estão desabrigadas e 5.806 desalojadas, segundo o governo do estado.

O decreto reconhecendo da situação consta no Diário Oficial da União (DOU), de domingo (25). A medida também havia sido publicada

Entre as cidades mais críticas está , que fica no interior do estado. A prefeitura decretou calamidade, após 80% da zona urbana ficar alagada. O hospital foi invadido pelas águas e os pacientes precisaram ser levados para um prédio da secretaria de assistência social. O reuniu

Reveja os telejornais do Acre

A1 reaberta ao trânsito com fila de sete quilómetros na zona da Azambuja

O oficial de operações na Guarda Nacional Republicana disse à Lusa que apenas se encontra aberta a faixa da esquerda do sentido norte-sul da denominada Autoestrada do Norte.

Um incêndio num autocarro que transportava 48 pessoas levou ao corte da A1. O alerta foi dado às 17:21, segundo a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

Pedro Araújo, oficial de operações na ANEPC, adiantou que o autocarro ficou “totalmente consumido pelas chamas” e que três dos ocupantes sofreram ferimentos ligeiros. Tanto o condutor como os passageiros saíram da viatura atempadamente.

Passos Coelho: "Este não é o meu tempo, é de Luís Montenegro"
Golden Joker Mapa do site

1234