Golden Joker

PSP deteve três suspeitos de dezenas de crimes no Grande Porto em novembro

  
LIVE      

Golden Joker

PSP deteve três suspeitos de dezenas de crimes no Grande Porto em novembro

A Polícia assinala que os suspeitos se encontram referenciados pela prática “em novembro de 2023 de dezenas de ilícitos, mormente contra o património assim como crimes contra as pessoas, sendo que numa das situações, a vítima foi agredida com grande violência”.

As três detenções decorrem de uma investigação em curso desde novembro desenvolvida sob a direção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Porto e que visou a identificação e detenção dos autores dos ilícitos em foco, apreensão de meios de prova, assim como a recuperação de artigos e viaturas furtadas, descreve o comunicado da Polícia.

Na sequência de três mandados de detenção e a realização de três buscas domiciliárias, no Porto, Vila Nova de Gaia e Matosinhos, foi ainda possível apreender um automóvel e um motociclo, sendo que ambos tinham sido roubados, diversos telemóveis, peças de vestuário utilizadas na prática dos ilícitos e equipamentos e ferramentas utilizadas na prática dos ilícitos criminais, assim como outros artigos de proveniência ilícita, prossegue a nota de imprensa.

Os detidos são hoje presentes junto das Autoridades Judiciárias para primeiro interrogatório judicial.

Neandertais usavam cola para fazer ferramentas de pedra

A descoberta, publicada esta quarta-feira na revista Science Advances, sugere que estes parentes próximos dos humanos modernos eram mais avançados do que se pensava anteriormente.

Os investigadores reexaminaram artefactos encontrados em França no início do século XX, num local conhecido como Le Moustier, e que não eram inspecionados desde a década de 1960.

As ferramentas em questão foram redescobertas recentemente, durante uma revisão do inventário do Museu de Pré-história e História Antiga de Berlim.

“Os objetos foram embalados individualmente e não eram tocados desde a década de 1960. Como resultado, os restos de substâncias orgânicas ali presos ficaram muito bem preservados”, explicou a investigadora Ewa Dutkiewicz, uma das líderes da equipa, citada num comunicado.

Nas análises, os cientistas encontraram vestígios de argila e betume, que juntos formam uma mistura pegajosa o suficiente para aderir em ferramentas de pedra, mas sem colar nas mãos, podendo ser usada como cabo.

Já se sabia que os primeiros humanos em África utilizavam misturas adesivas para fazer ferramentas, mas não se sabia que os Neandertais faziam o mesmo na Europa.

“O que o nosso estudo mostra é que os primeiros Homo sapiens em África e os Neandertais na Europa tinham padrões de pensamento semelhantes”, realçou Patrick Schmidt, outro dos investigadores.

Schmidt destacou também a importância desta ideia para a compreensão da evolução humana.

Especialistas da Universidade de Nova Iorque, da Universidade de Tübingen e dos museus nacionais de Berlim participaram neste estudo.

Deolane diz que achou que colar de traficante fosse homenagem à Maré
Golden Joker Mapa do site

1234